POR QUÊ USAR A CINTA PÓS PARTO?

O uso da cinta pós parto é um assunto polêmico entre profissionais de saúde. Uns recomendam, outram condenam. Mas o fato é que a maioria das grávidas querem usá-la, na busca de redução de medidas. Mas será que a função da cinta é essa mesmo?

Moda Gestante
Imagem: Reprodução
Segundo alguns obstetras, a cinta funciona para dar mais conforto e ajudar na postura no pós-parto. 
A compressão que a cinta proporciona ao abdômen ajuda os órgãos a voltarem para a posição que tinham antes da gestação, dando segurança na realização de movimentos mais básicos, como deitar-se, levantar-se, carregar o bebê etc.
Mas, polêmicas à parte, acreditamos que a cinta devolve a auto estima, visto que ela faz com que as roupas vistam melhor na mulher no  pós-parto, além de dar segurança aos movimentos.
Se você deseja usar cinta após a gravidez, invista em modelos que proporcionem sensação de conforto, como esse da imagem.
 O material deve ser maleável, ajustável e ter a opção de abrir embaixo, principalmente se o parto for cesariana.
Moda Gestante 
Imagem: Reprodução

Portanto, considerando que seu uso é uma opção paliativa, que ela disfarça, mas não resolve o problema, o nosso conselho é usá-la, sem deixar de fazer a sua parte, mantendo o abdômen contraído, o que ajuda a fortalecer a musculatura.
E, após a autorização de seu médico, iniciar a malhação acompanhada de uma dieta balanceada.

Fonte: Itodas 

Tags: CINTA PÓS PARTO, MALA DA MATERNIDADE