OS SINTOMAS DE GRAVIDEZ QUE VOCÊ VAI ADORAR

Durante 40 semanas, você se prepara para a chegada do bebê: escolhe o nome, prepara o enxoval, faz cursos para gestantes e lê tudo sobre recém-nascidos. Ao mesmo tempo, seu corpo trabalha (e muito) adaptando-se para que o bebê se desenvolva perfeitamente, fornecendo o que ele precisa para nascer saudável. São muitas as transformações, tanto físicas como emocionais. “Normalmente, essas mudanças são mais “sofridas” no primeiro trimestre por causa dos altos níveis do hormônio beta HCG, que pode provocar vômitos, náuseas e muito, muito cansaço”, afirma a obstetra e membroda Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro, Viviane Monteiro.
Moda Gestante

Mas é claro que essas mudanças são acompanhas de muita alegria também, que com certeza irá compensar todos os desconfortos trazidos por elas. E o melhor, poderão te deixar mais bonita!
Para quem acha que gravidez se resume a enjoos e cansaço, listamos a seguir 9 sintomas que você vai adorar saber!

1 – Silicone natural

Um dos primeiros sinais da gravidez é o aumento dos seios, que pode começar duas semanas após a concepção. Aliás, mesmo antes de saberem que estão grávidas, é comum as mulheres perceberem que alguma coisa diferente está acontecendo no corpo ao sentirem as mamas mais sensíveis e inchadas. O crescimento é impulsionado pela deposição de gordura e pelos hormônios, principalmente o estrogênio, que tem ação sobre o desenvolvimento das glândulas mamárias, fazendo com que elas se preparem para produzir leite. E o tamanho dos seios pode ficar ainda maior no pós-parto por causa da prolactina, responsável pela produção efetiva do leite. 
Quanto eles vão aumentar varia em cada caso: algumas mulheres vão do sutiã 40 para o 42, outras do 38 para o 44. Não há um padrão. Mas uma coisa é certa: a maioria sente uma falta imensa dos seios grandes depois. Então, abuse dos decotes enquanto puder! 


2 – Redondamente feliz
 Nada de se preocupar em contrair o abdomen.Uma das vantagens mais deliciosas da gestação é sair por aí exibindo os novos contornos como se você tivesse o rei (ou a rainha…) na barriga. 
3 – Pele mais bonita
Durante a gestação, as células de gordura ficam mais inchadas e se multiplicam mais rapidamente, com o objetivo de estocar reservas de energia para a mãe, sobretudo para o período de amamentação. Isso significa que a pele, quando bem cuidada, vai ficar muito mais bonita. “Como as células de gordura estão em maior número e mais gordinhas, a cútis tende a ficar mais esticada, o que causa um efeito de luminosidade e a deixa com uma aparência viçosa”, explica Amanda Alvarez, obstetra do Centro de Reprodução Humana do Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia. Se sua pele for oleosa, previna o aparecimento de acne lavando o rosto várias vezes ao dia com sabonete neutro. Também é importante se precaver em relação à exposição solar, pois há tendência à hiperpigmentação. Isso ocorre porque existe uma ativação dos melanócitos, as células produtoras de melanina, que dão cor a pele. São elas que deixam os mamilos das gestantes mais escuros e que também podem produzir manchas profundas que não saem mais, chamadas de melasmas. Portanto, mesmo que a sua pele já esteja lindíssima, hidratante e protetor continuam indispensáveis. 

4 – Zero TPM
Os incômodos da TPM dão uma trégua durante as 40 semanas e muitas mulheres ficam tão bem acostumadas com essa ausência que após o parto se torna  comum a procura por  métodos anticoncepcionais que evitam a menstruação.
5 – Cabelos de revista

Durante os nove meses seus cabelos crescerão mais depressa e ficarão mais volumosos e brilhantes. Por isso, não estranhe se as visitas ao cabeleireiro ficarem mais frequentes para cortes. Além disso, a taxa de queda dos fios também diminui. Com o cabelo crescendo mais rápido e caindo menos, não é de se estranhar que o volume aumente. Vai ser difícil encontrar um produto capaz de fazer tudo isso ao mesmo tempo pelo seu cabelo depois! 

6 – Mulher de garra 
As unhas também crescem mais rápido. A maioria das grávidas passa os nove meses com unhas fortes, porém algumas mulheres podem experimentar o efeito contrário – mas os médicos não sabem o motivo. Se esse for o caso, invista em bases fortalecedoras. Vale lembrar que não há restrições: grávidas podem usar esmaltes e acetona e tirar a cutícula sem problemas. Só é necessário ter cuidado com a higienização de alicates e empurradores, que devem ser esterilizados. E perto do dia previsto para o parto, evite esmaltes escuros e prefira uma base transparente. Se precisar de anestesia, um dos meios de acompanhar a paciente é colocando um monitor nos dedos – e a cor forte atrapalha. 
7 – Sexo em alta
O aumento no volume de sangue no corpo gera uma maior vascularização na mulher e, com isso, a vagina fica mais sensível à estimulação. Com isso, a lubrificação ocorre com mais facilidade, ajudada também pela intensa atividade glandular. Além disso, ocorre também um aumento da flora e da espessura da mucosa vaginal, o que acaba facilitando a penetração. Mesmo no final da gravidez, quando a barriga já estiver grande, dá para manter a vida sexual numa boa (desde que a sua gestação não seja de risco), bastando ter um pouco mais de paciência e criatividade para encontrar posições confortáveis. A mais recomendada é de lado, com a barriga apoiada em um travesseiro, pois o peso da barriga não atrapalha tanto e a mulher consegue controlar melhor a penetração. 
8 – Noites bem dormidas
Principalmente no primeiro trimestre, a mulher tende a ficar mais sonolenta por causa da queda de pressão. Então, aproveite para colocar o sono em dia e descansar bastante (você vai precisar dessa energia extra depois do parto!). Além disso, enquanto você dorme, os hormônios liberados pelo seu corpo facilitam o desenvolvimento do bebê. Já no último trimestre, para evitar os desconfortos causados pelo peso da barriga, experimente dormir do lado esquerdo, o que ajuda a circulação a fluir melhor e evita o ronco. E aposte nos travesseiros: um entre as pernas, outro fininho embaixo da barriga e outro nas costas. 
9 – Emoção boa
Muitas vezes, a gravidez mantém as mulheres em um estado de nirvana permanente. A felicidade DE estar gerando uma nova vida é tão grande que muitas futuras mães dizem se sentirem inabaláveis durante a gestação, como se nada fosse motivo para mau humor ou aborrecimentos. Por outro lado, a sensibilidade pode aumentar bastante, deixando as gestantes mais emotivas. Você vai ver que a  expressão “chorar de alegria”, nunca fez tanto sentido

Fonte: Revista Crescer

Tags: Beleza, BEM ESTAR, DICAS, SINTOMAS DE GRAVIDEZ